assinar a newsletter

       Filtrar:
Galeria Millan na SP-Arte 2016
  • _h5a4190
    Felipe Cohen
    Ocaso, 2016
    Mármore, vidro e madeira
    24,4 x 45 x 85 cm
  • Mrb_7489_100x100cada
    Miguel Rio Branco
    Sem título, sem data (trípctico)
    Impressão a jato de tinta
    100 x 300 cm
  • Ho_7867
    Henrique Oliveira
    Muro, 2015
    Madeira compensada
    225 x 500 x 110 cm
  • En_7781
    Emmanuel Nassar
    Luz, 2016
    Acrílica sobre tela, madeira e soquetes de louça
    150 x 200 cm
  • Nf_7759_23x23x23cm_2016
    Nelson Felix
    Sem título, 2016
    Mármore, bronze e lacre
    23 x 23 x 23 cm
  • Ap_6538_dimensoesvariaveis_2013
    Ana Prata
    Grande Circo, 2013
    Óleo sobre madeira, bola
    Dimensões variáveis
  • Trp_7879_133x190cm_2016
    Thiago Rocha Pitta
    A Miragem Verde, 2016
    Aquarela sobre papel
    133 x 190 cm

Trabalhos de 16 nomes do grupo de artistas representados pela Galeria Millan serão levados à edição deste ano da SP-Arte, uma das feiras de arte mais importantes da América Latina. A Millan voltará a ocupar o Estande H02 no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, entre os dias 7 e 10 de abril (a abertura para convidados acontece no dia 6/4).

Obras de José Resende, Thiago Rocha Pitta, Bob Wolfenson, Ana Prata e Nelson Felix (na foto, a escultura "Sem título", 2016, mármore, bronze e lacre, 23 x 23 x 23 cm) estão entre os destaques. Além destes, a Millan exibirá trabalhos de Henrique Oliveira, Dudi Maia Rosa, Tunga, Emmanuel Nassar, Rodrigo Bivar, Felipe Cohen, Miguel Rio Branco, Paulo Pasta, Lenora de Barros, Rodrigo Andrade e Tatiana Blass.

Pocket Exhibition de Ana Prata
  • Ap_news
    Sem título, 2015
    Óleo sobre tela
    33 x 33 cm
  • Ap_7745
    Zero e um, 2015
    Bastão de óleo e óleo sobre tela
    150 x 200 cm
  • Ap_7712
    Sem título, 2015
    Óleo e cera sobre tecido
    38 x 30 cm
  • Ap_7715
    Sem título, 2015
    Óleo sobre linho
    37 x 30 cm

A partir do dia 20 de janeiro, quarta-feira, a Galeria Millan apresenta uma pocket exhibition com novos trabalhos de Ana Prata. A pintura é o meio escolhido pela artista. Em sua superfície, ela faz com que diversos assuntos sejam manipulados, forjados e torcidos. Para isso a artista utiliza vários materiais, como linho cru, barbante e tecidos estampados.

O que instiga Ana Prata é justamente ver seu trabalho transitando entre o figurativo e o abstrato, sempre rumo a um novo lugar. A dispersão causada pelos diferentes temas e técnicas fortalece a autonomia de cada tela, tornando cada uma delas, ao mesmo tempo, dependente e repelente da pintura que se encontra ao lado. A exposição vai até 30/1.

 

Pocket Exhibition de Lenora de Barros
  • Lb_6907_153x275x7cm_2000
    mesa de ping-poems, 2002 da série pussyquetes madeira e acrílico 153 x 275 x 7 cm
  • Lb_6909_43x14x4cm_2014
    ping-poem No 2, 2014 da série remirando formas madeira, metal, plástico e EVA 43 x 14 x 4 cm
  • Lb_6910_12_5x15x4cm_2014_versao2
    ping-poem No 3, 2014 da série remirando formas madeira, metal e plástico 12,5 x 15 x 4 cm
  • Lb_6911_9x15x4cm_2014_versao2
    ping-poem No 3.1, 2014 da série remirando formas madeira, metal e plástico 9 x 15 x 4 cm
  • Lb_6913_40x40cm_2014_2
    Ping-poems No 5, 2014 da série remirando formas metal e plástico 40 x 40 cm
  • Lb_6916_35x35x4cm_2014
    ping-poem No 8, 2014 da série remirando formas madeira, metal, plástico e EVA 35 x 35 x 4 cm

Lenora de Barros apresenta a série ping-poems – remirando formas e o video Volume Morto na Galeria Millan, entre os dias 14 e 17 de Outubro. Em fevereiro de 2015, a série foi exposta na seção #SoloProjects Focus Latin America na ARCOmadrid, com curadoria de Emiliano Valdés, Kiki Mazzucchelli e Miguel A. López. Para a artista, o trabalho propõe um diálogo com a tradição construtivista: "A série vem sendo desenvolvida desde 1990. A partir de então, os elementos do ping-pong acabam por compor 'jogos imaginários' dentro do meu trabalho". Essas experiências constituem um corpo de trabalho amplo no qual se tece uma marcante vertente poética da artista, em jogo com a tradição construtivista, mas também com o pop e o conceitual. Esses trabalhos são provenientes desse universo lúdico expostos em 1990, 2000 e 2002.

A obra mesa para ping-poem (2002) fez parte da exposição “O que que há de novo, de novo pussyquete?” e na mostra estava montada e aberta para que os visitantes jogassem partidas de "ping-poem". Nessa pocket exposição, a obra sera apresentada como um elemento de parede, com os pés dobrados e embutidos. Para Lenora: “cada uma das peças da série acaba por concretizar uma jogada de ‘ping-poem’ im-possível.” Além dos ping-poems, será exibido pela primeira vez o video volume morto criado a partir de uma instalação sonora realizada em abril de 2015, pela Galeria Millan em parceria com Ricardo Kugelmas e a galeria Broadway 1602. A obra nasceu inspirada na crise hídrica que assola a cidade de São Paulo. Numa piscina vazia, bolinhas de ping-pong foram reunidas e lançadas. As bolinhas fizeram parte de outros trabalhos da série ping-poems (1994-2000) da artista. E acabaram guardadas, por muitos anos, no seu estúdio; como uma espécie de “volume morto“ pessoal. No sábado, dia 17, Lenora de Barros realiza uma visita guiada a partir das 11h30.

ArtRio 2015
  • Artrio3
  • Img_4616
  • Artrio2
  • Artrio1

A Galeria Millan participa da ArtRio 2015 com uma seleção de obras de seu grupo de artistas. Entre os destaques, figuram trabalhos de artistas consagrados como Artur Barrio, Miguel Rio Branco, José Resende. Nelson Felix, Rodrigo Andrade, Paulo Pasta, Thiago Rocha Pitta e Tatiana Blass apresentam obras recentes na feira.

Feriado 09 de Julho
  • _h5a1023
  • _h5a1046
  • _h5a1054

A Galeria Millan estará fechada nesta quinta-feira, dia 09 de julho de 2015. Desejamos a todos um ótimo feriado. Sexta-feira (dia 10/07) e sábado (dia 11/07), a Galeria funcionará normalmente. A exposição Travessias de German Lorca fica em cartaz até 25 de Julho.

Feriado Corpus Christi
  • _h5a4181

A Galeria Millan estará fechada nesta quinta-feira, dia 04 de junho de 2015. Desejamos a todos um ótimo feriado. Sexta-feira (dia 05/06) e sábado (dia 06/06), a Galeria funcionará normalmente. E é a última oportunidade para ver a exposição Lapa de Rodrigo Bivar. 

 

“Entre a abstração e a figuração”, com Rodrigo Andrade
  • Zeolympio_ra_6776_ruina_com_montanha_ao_fundo_40x80cm_2014
    óleo sobre tela 40 x 80 cm

 
Hoje, das 20h às 22h, Rodrigo Andrade irá realizar a palestra "Entre a abstração e a figuração" no Quintal Amendola, em São Paulo.
 
Inscrições pelo site www.quintalamendola.com.br ou pelo email: quintalamendola@gmail.com.

 

volume morto - uma instalação sonora de Lenora de Barros
  • _i3z8130
  • _i3z8333
  • _i3z8095

A instalação sonora volume morto, de Lenora de Barros, aconteceu no último sábado, dia 11 de abril, em uma casa no bairro Cidade Jardim, em São Paulo.

volume morto  nasceu inspirada na crise hídrica que assola a cidade de São Paulo. Numa piscina vazia, bolinhas de ping-pong foram reunidas e lançadas a partir de uma caixa d'àgua. As bolinhas fizeram parte de outros trabalhos da série ping-poems (1994-2000) da artista. E acabaram guardadas, por muitos anos, no estúdio de Lenora Barros; como uma espécie de “volume morto“ pessoal. A instalação sonora "volume morto“ foi uma realização da Galeria Millan em parceria com Ricardo Kugelmas e a galeria Broadway 1602.

Expediente no Carnaval
  • _mg_5763

A Galeria Millan estará fechada de 14 a 18 de fevereiro de 2015. Desejamos a todos um ótimo feriado.

André Millan em perfil no Valor
  • Captura_de_tela_2015-01-20_-s_11.07.49
    André Millan por Silvia Costanti/Valor.

O jornal Valor Econômico publicou extenso perfil de André Millan, assinado pelo jornalista Jacilio Saraiva, em que fala sobre os rumos da galeria.

A íntegra pode ler lida no website do jornal

rua fradique coutinho, 1360 são paulo, sp brasil 05416-001 | tel/fax +55 11 3031 6007
Agencia-digital-d2b-comunicacao